Banner1

Últimos Artigos

  • Consequências acidentais

    Consequências acidentais

    "Como mesmo intervenções bem-intencionadas produzem consequências que os atores políticos não podiam prever e não haviam planejado, toda vez que o governo age, cria um novo conjunto de problemas...

    Steven Horwitz
  • Capitalismo: uma má escolha de vilão

    Capitalismo: uma má escolha de vilão

    É o capitalismo que cria a riqueza que sustenta a criação artística, e é o capitalismo que oferece aos artistas novas teconologias e mídias com as quais trabalhar. Mas quando se trata de fazer...

    Alex Tabarrok
  • Em defesa da meritocracia (parte 2)

    Em defesa da meritocracia (parte 2)

    Nas sociedades abertas contemporâneas, as ideologias que objetivam a igualdade de resultados são as maiores inimigas da meritocracia.

    Pedro Albuquerque
  • Economia e política

    Economia e política

    A visão econômica da política tem sido tradicionalmente associada ao pensamento marxista. Este artigo usa um método de análise completamente diferente. Esta é uma breve introdução a um resumo de um...

    Gordon Tullock
  • Palavras, contextos e crimes

    Palavras, contextos e crimes

    Penso no perigo causado pelos tipos legais demasiado vagos, que permitem criminalizar alguém por uma frase proferida. Se é evidente que o ódio de qualquer tipo é condenável, quase sempre a presença...

    Julio Lemos
  • O Governo não é amigo dos pobres

    O Governo não é amigo dos pobres

    Os políticos irão dizer que estão a defender os interesses da população, quando na verdade só estão a defender os seus próprios interesses.

    OrdemLivre
  • O paradoxo das esquerdas

    O paradoxo das esquerdas

    O tempo passa, as sociedades evoluem, as ideias se renovam, mas há coisas que não mudam jamais. O ódio das esquerdas ao livre mercado, por exemplo, é uma delas.

    João Luiz Mauad

Blog