Bem-vindo ao novo Instituto Ordem Livre

Olbn

"Durante décadas, a esquerda conseguiu sustentar uma certa hegemonia no campo cultural nacional", escreve o Prof. Vladimir Safatle. "Mesmo na época da ditadura", diz, "tal hegemonia não se quebrou" e "com o fim da ditadura, a força cultural da esquerda permaneceu".

Até que algo começou a mudar. O Século XXI está trazendo "uma situação nova no Brasil" que Safatle chama de "a perda de hegemonia" - uma mudança cultural que o incomoda, mas que ele admite não compreender.

O Ordem Livre consegue compreender o que está acontecendo porque fazemos parte da mudança. Em 2007, o cientista político Diogo Costa criou dentro do Cato Institute um projeto para divulgar em língua portuguesa as ideias de liberdade que estavam conquistando mentes e corações por todo o mundo. O início do século via o liberalismo brotar sobre os túmulos ditatoriais da Europa e reformar instituições autocráticas no leste asiático. Mas o Brasil ainda se escondia debaixo de uma hegemonia cultural estatista. A chama das ideias liberais só não se apagara por completo graças ao idealismo valente de alguns poucos intelectuais trabalhando isoladamente.

A missão do Ordem Livre era mudar a conversa intelectual no Brasil e outros países de língua portuguesa. Partimos da parceria com organizações estrangeiras que vinham promovendo com sucesso a causa da liberdade humana. Começamos a traduzir o melhor da literatura liberal, a criar conteúdo próprio e original, e a trabalhar com algumas das mentes mais talentosas do Brasil, Portugal e até Moçambique. Atravessamos o país todos os anos desde 2009 levando as palestras do Liberdade na Estrada para dentro das principais universidades públicas e privadas do Brasil. Temos reunido a nova geração de liberais brasileiros em nossos Seminários de Verão e escolhido alguns dos mais promissores jovens para nosso programa de estágio em Washington.

Hoje não estamos mais sozinhos. Há um vibrante e crescente movimento liberal com organizações ativas - novas ou renovadas - que têm dado alcance inédito às ideias de liberdade em solo brasileiro. Temos orgulho das amizades e parcerias que formamos ao longo da nossa breve história. Muita coisa mudou nesses últimos seis anos. Em 2009, entramos para o time da Atlas Economic Research Foundation e agora, em 2013, estamos prontos para caminharmos de forma independente. Não paramos de mudar para continuar mudando o Brasil.

Uma coisa não mudou: nossa insistência em não nos curvarmos para esquerda ou direita, mas em mantermos nossa confiança na liberdade individual, na paz e no livre mercado. Se você compartilha desses valores, você também faz parte do Instituto Ordem Livre. Se não, aproveite para conhecer um pouco mais as ideias que estão conquistando pessoas de todas as crenças, cores e culturas.

Nessa nova fase, contamos mais do que nunca com sua participação, contribuição e engajamento. É assim que as novas ideias de liberdade florescerão num ambiente cultural esgotado por décadas de hegemonia retrasada. Afinal, Ludwig von Mises já havia antecipado uma resposta à dúvida de Safatle: “ideias, somente ideias, podem iluminar a escuridão”.

Seja bem-vindo ao novo Instituto Ordem Livre!

Equipe Ordem Livre