Ian Vasquez entrevista Yoani Sanchez

As últimas reformas do governo cubano trataram de legalizar o que já ocorria e não poderiam impedir de acontecer, explica a jornalista Yoani Sanchez em entrevista a Ian Vasquez, diretor do Centro para a Liberdade e Prosperidade Global do Cato Institute.

Sanchez fala sobre as mudanças que permitiram que ela e outros dissidentes cubanos deixassem a ilha e visitassem diversos países, inclusive o Brasil, sobre o plano de reformas promovido por Raul Castro, e a hipocrisia dos países democráticos que escolhem ignorar as práticas antidemocráticas do governo cubano.

Entrevista realizada em espanhol. Se preferir assistí-la dublada em inglês, clique aqui.