O Dinossauro - José Osvaldo de Meira Penna

Dinobanner

Um livro sobre o país do futuro merece um título como O Dinossauro. A burocracia que congestiona o funcionamento da economia brasileira, e que o impede de jamais atingir seu posto profético, recebe nessa obra uma análise incomparável. Como em todas as boas investigações, o ataque se faz principalmente por meio da exposição competente e sóbria da realidade social. Cada caricatura habilidosamente traçada por Meira Penna evidencia os problemas jurássicos que não nos abandonam. E cada problema compreendido e evidenciado é razão bastante para o desejo de reforma.

A comparação com Alexis de Tocqueville é inevitável. A diferença é que nosso Tocqueville não precisou ser importado. O Embaixador Meira Penna correu o resto mundo para compreender o Brasil de onde veio, o Brasil que sua inteligência nunca abandonou. Às vezes jocoso, às vezes deferente, o texto de Meira Penna é naturalmente brasileiro e sempre relevante. O Dinossauro ocupa lugar de destaque na prateleira de qualquer estudante que deseja compreender o que é o Estado patrimonialista brasileiro, sua história, e como sua atuação condenou o Brasil à posição de país do pretérito.